Reforma de Apartamento

porESB ENGENHARIA

Reforma de Apartamento

Quem já reformou sabe que uma obra de reforma é cheia de detalhes que fazem toda a diferença. É muito importante você garantir o orçamento e o prazo da obra, além de realizar a obra da maneira mais correta possível evitando problemas durante e após a obra. A reforma causa ruído, sujeira e incomodo aos moradores do edifício. Por isso tem que respeitar horários de obras, níveis de ruídos, entradas e saídas de material, limpeza das áreas comuns. Além disso, é preciso dar atenção especial às as questões físicas do edifício: estrutura existente, instalações elétricas e hidráulicas (prumadas de água e esgoto) e fachadas.

É necessário reunir o máximo de informações preliminares.

Para começar o trabalho de projeto quanto mais informação disponível do edifício melhor:
Manual do edifício (edifícios novos)
Os edifícios mais novos normalmente disponibilizam o Manual do Edifício. Normalmente em formato digital contém todas as informações a respeito da construção. Com esse manual podemos saber informações gerais sobre como foi construído o edifício e está representado através de desenhos e documentos. As informações que nos interessam em uma reforma são:

Estrutura, alvenarias e paredes de gesso;

Instalações hidráulicas, louças e metais sanitários;

Instalações de gás;

Instalações elétricas, ar condicionado e exaustão e complementares;

Se não houver o manual (caso de edifícios antigos) é necessário se abastecer das informações disponíveis perguntando para o sindico, outros moradores, a administradora do condomínio ou até mesmo consultando a construtora que deve possuir as plantas e desenhos técnicos do edifício.
Se o cliente está chegando agora no condomínio é muito importante conversar com o sindico e com a administradora do edifício. Peça o Estatuto e o regulamento do condomínio. Esse documento servirá de referência para saber horários, forma de destinação do entulho, entrada e saída de fornecedores e materiais durante a obra. Siga as regras ali fixadas para evitar problemas com os outros moradores.

Norma de Reformas ABNT: quando preciso contratar um profissional?

Para saber se sua obra necessita a contratação de um profissional, veja abaixo o que diz a Norma:
“O proprietário ou responsável legal pelo prédio ficam obrigados a informar o usuário ou o síndico, todos os detalhes sobre o plano de manutenção a partir da reforma. Antes de iniciar uma reforma, o responsável deve:

Elaborar um plano de reforma junto a um profissional habilitado (arquiteto e urbanista ou engenheiro)

Antes de iniciar a obra, entregar ao síndico do condomínio o plano de reforma e os RRT/ART de projeto e de execução de obra, além da documentação exigida por outros órgãos de fiscalização, como Prefeitura e Corpo de Bombeiros.

Após o síndico autorizar a obra, exija do profissional ou empresa contratada a colocação de placa informativa com indicação do responsável técnico.

Veja as atividades que só podem ser realizadas por profissional devidamente habilitado:

Construção ou demolição de paredes e divisória

Substituição de revestimentos (pisos, paredes, tetos)

Abertura ou fechamento de vãos

Alteração nas instalações elétricas, hidráulicas e sanitária

Instalação de mobiliário fixo.

Contrate um arquiteto ou engenheiro civil para fazer o projeto e a obra.

O projeto serve de manual para decidir tudo o que será feito e servirá de referência para que todos os fornecedores preparem suas propostas. Além de ser obrigatório em casos de reformas maiores, veja as vantagens de contratar o projeto:

O arquiteto ou engenheiro civil é o profissional que trabalha pensando em como os espaços podem ser configurados então com certeza irá trazer opções de ocupação deste espaço que você não imaginaria.

Durante a primeira etapa de projeto, que chamamos de Estudo Preliminar, serão apresentadas imagens em 3D do projeto que irá permitir que você visualize o espaço, os materiais utilizados, mobiliário, iluminação, entre outros.

Depois do Estudo preliminar já é possível fazer um Estudo de Viabilidade Financeira. Este estudo nada mais é do que um primeiro orçamento que permite saber o preço da obra com certa precisão. Caso o valor esteja acima e seja necessário rever o projeto, ainda dá tempo!

Com o projeto que te agrada e cabe no bolso é possível dar sequência aos detalhamentos que irão guiar os profissionais de obra.

Planejamento é fundamental. Com o projeto e os orçamentos aprovados serão contratados os profissionais e será feito um cronograma que irá ajudar a programar o andamento da obra e os pagamentos.

Sobre o Autor

ESB ENGENHARIA administrator